Vida de Vegano, parte II

 

Carnista – Ouvi dizer que deixaste de comer carne.

Vegano – Sim, deixei de comer animais, acho que têm direito a viver em paz, como eu e tu.

Carnista – Mas os leões na selva também caçam, é a lei da natureza! É o ciclo da vida!

Vegano – Sim, caçam, mas nós, humanos, raciocinamos, podemos escolher, sabemos que não precisamos de comer animais e derivados para sobreviver.

Carnista – Eu gosto de carne, sinto vontade de comê-la, é algo natural.

Vegano – Então se queres carne, se é algo tão natural, porque não fazes como o teu semelhante, o leão, e vais caçar a presa com as tuas unhas e dentes e depois comes a carne dela quente, a latejar?

Carnista – Nós não somos como os outros animais, nós pensamos, evoluímos, conseguimos construir ferramentas, aprendemos a cozinhar.

Vegano – Bem, em que é que ficamos? Afinal pensamos e podemos tomar decisões, ou somos puramente instintivos como os animais?? Estás confuso…

Carnista – Não dá para falar contigo, és um extremista!

Vegano – Eu estou calmo… porque estás tão nervoso?

Carnista – Porque vocês têm a mania que são melhores do que os outros!! São uns arrogantes, fundamentalistas, radicais!

Vegano – Vira lá esse dedo que tens apontado para mim na tua direcção, e observa se isso não é tudo sentimento de culpa. Se o que te digo te incomoda, há algo aí dentro que pode ser trabalhado! Isso é bom! Tens tempo, cada minuto é uma oportunidade de mudança. Nada do que te disse foi ofensivo… revoltou-te porque é mais fácil não se saber da realidade e, por isso, nada ter que se fazer, do que se descobrir a verdade e depois fingir que nada se sabe. Eu sei, é mesmo chato lidar com isto, todos os dias, ter de empurrar esse novo conhecimento para um cantinho do cérebro, enquanto se mastiga um naco fibroso que, mesmo com cominhos, colorau e sal, continua a ser o pedaço do corpo de alguém. Disfarças o sabor, mas não disfarças o problema…

Anúncios

4 comments

  1. Ridículo, o ser humano é omnivoro, se comermos só vegetais não somos saudáveis, por mais substitutos que possam inventar ou complementos que tomem, tenho colegas vegetarianos e respeito, mas são todos uma fraca figura e não transpiram saúde, já para não falar que teem de tomar suplementos (drogas, bahh, antes um bife) veganismo é pancada, a cadeia alimentar é mesmo assim. Há animais a comer outros e é normal não são mais ou menos por isso. Além disso racional é a pessoa que come de tudo com a certa porção (não deram a roda dos alimentos na escola?)

    Gostar

    • Há vários alimentos substitutos com proteínas para além da carne, como as ervilhas, o grão, os ovos, os amendoins… Um vegano não come apenas vegetais! Eu como carne, mas sou completamente a favor do veganismo e estou a tentar mudar a minha atitude. Mas há gente que prefere ficar na igonância…

      Gostar

    • Como em todos os estilos de alimentação, há quem se alimente bem e quem se alimente mal. A maioria dos vegetarianos não têm carências nenhumas. A ‘fraca figura’, como referiu, pode simplesmente significar que não têm o corpo repleto de gordura derivada de proteína animal! Eu sou vegetariana estrita e corri uma meia maratona este ano!! Não me parece que o fizesse se o meu organismo estivesse mal nutrido 😉

      Gostar

Grata pelo feedback

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s